Páginas

Marcadores

terça-feira, 30 de abril de 2013

... DOS SÁBADOS


Já era um pouquito tarde
ao me dar conta da hora
mas quando a vontade aflora
a ânsia faz um alarde
e até parece que arde
como uma brasa no peito
fui de pronto dando um jeito
de me preparar pra farra
juntando as minhas garras
pra encilhar no parapeito

 
Dei um traquejo na figura
com brilhantina e estrato
no pescoço um maragato
e meus “talher” na cintura
bati casco na planura
escutando a voz do vento
me roía algo por dentro
quando despontou a lua
como um olhar de xirua
a instigar meu intento


Quando cheguei no povoado
ouvi uma gaita na manha
busquei a meia de canha
“golpiando” num baita trago
atei o zaino pra um lado
tirei as esporas e o pala
com uma vaneira baguala
veio um olhar sorrateiro
que pra quem é bem matreiro
vale mais que uma fala

 
Me entreverei na bailanta
demonstrando habilidade
pois andava com vontade
de pescocear uma percanta
fazer uso da garganta
pra um cochicho ao pé do ouvido
às vezes meio atrevido
motivado pelo anseio
que rasga a gente no meio
num frenesi desgranido
 

No compasso da vaneira
um namorico ainda morno
ia saindo do forno
bem à moda campeira
eu ia assim pela beira
porque o mingau era quente
tem que ter tato um vivente
pra chegar onde ele quer
porque um refugo de mulher
derruba e machuca a gente

 
“Tentiei” um apertãozinho
com a mão direita no cinto
fui subindo até o brinco
mas muito assim de mansinho
já era quase um carinho
de malícia revestido
a prenda ajeitou o vestido
fazendo um contrapasso
dando um tirão no meu braço
me chamando de atrevido

 
E bem no meio da sala
ela me deixou solito
depois de passar um pito
pelo que perdi a fala
chamaram o mestre sala
que logo me deu o recado
e sem olhar para os lados
voluntário fui saindo
com dois brigadianos rindo
cada um no meu costado

 
Tá certo eu vinha carente
mas isto não justifica
a prenda era bonita
educada e descente
mas o fogo em minha mente
me fez perder a parada
e com a fuça deslavada
da casa tomei o rumo
não arrumei nem pro fumo
por ter feito esta cagada

Um comentário: